Notícias Internacionais

O fundador do modelo europeu da Expo-Saúde vai assumir a nova função, em regime parcial, já a partir de Outubro. A mudança definitiva para os Estados Unidos, está dependente de ser encontrado um substituto para liderar o projeto que atualmente coordena em Penela. 

Viriato Ferreira, médico português conhecido pela comunidade adventista portuguesa devido à sua dinâmica e empenho na divulgação da mensagem da saúde, é atualmente o diretor do Ministério da Saúde da Divisão Inter-Europeia. Desde 2003 que colabora ativamente com a UPASD, acumulando com as funções internacionais, a presidência da Associação Portuguesa de Medicina Preventiva (APMP).

Neste novo projeto, o Dr. Viriato Ferreira vai substituir o Dr. Peter Landless, que passará a assumir a direção do Ministério da Saúde na Conferência Geral da Igreja Adventista.

Nascido há 47 anos em Angola, o Dr. Viriato Ferreira passou parte da sua infância no Huambo, onde recebeu uma forte influência dos médicos missionários com quem convivia na igreja do Hospital Adventista do Bongo. Completou os seus estudos de medicina na África do Sul, onde casou com Marianne Raitt. A sua dedicação à obra missionária levou-os a mudarem-se para uma das zonas mais remotas da Namíbia, trabalhando no seio da comunidade Himba.

O modelo europeu da Expo-Saúde é da autoria do Dr. Viriato que, desde o início das suas funções na Divisão Inter-Europeia, em 2006, o pôs em prática, conseguindo fazer chegar, desta forma, a mensagem adventista a milhares de pessoas, nas principais cidades europeias.

Atualmente, um dos projetos que mais o cativa, é o que envolve o desenvolvimento do Centro de Bem-Estar, situado em Penela, onde vive.

O Dr. Viriato Ferreira e a sua esposa Marianne, também médica, têm três filhos. 

 

ANN | AD7News