Notícias Nacionais

Responsáveis pelos Ministérios da Criança, pais e alguns dirigentes de jovens, receberam formação em vários assuntos como: Bullying, Prevenir o Abuso Infantil ou em como Envolver as Crianças ao serviço da Comunidade.

Perante um tema que está tão emergente na própria sociedade como são os problemas e as dificuldades que rodeiam os mais pequenos, o Departamento dos Ministérios da Criança realizou durante o fim-de-semana 7 a 9 de Fevereiro de 2014, no CAOD, o VIII Encontro Nacional dos Ministérios da Criança. Estiveram presentes um grupo de 34 pessoas, maioritariamente associadas ao trabalho dos ministérios da criança. Como convidados estiveram presentes Saustin Mfune, Diretor Associado do Departamento dos Ministérios da Criança na Conferência Geral; Corinne Lanquetuit, Executiva na Adventist Risk Management e especialista em questões de segurança, e ainda Elsa Cozzi, Diretora do Departamento dos Ministérios da Criança na EUD.

O tema escolhido foi “Viver + a Segurança da Adoração”, tendo proporcionado a todos os participantes conhecimentos em temas tão actuais como Bulyng, Prevenção contra o Abuso Infantil ou mesmo a necessidade de que os Ministérios das Criança sejam um Lugar Seguro. Samuel de Abreu, Diretor Associado dos Ministérios da Criança, considerou esta actividade como fundamental, uma vez que é fácil haver algum tipo de abuso ou permitir que outras pessoas venham e que possam, de alguma forma, molestar crianças, seja de forma física, seja de forma psicológica, ou mesmo aquela que tivemos mais, a forma sexual”. E mesmo se em Portugal não existem relatórios que mostrem esta realidade dentro das igrejas, Samuel de Abreu considera que ”nós, como comunidade, devemos preparar-nos e prevenir as situações antes que elas aconteçam”.

Com esta formação o Departamento dos Ministérios da Criança conta poder ter pessoas que ajudem a criar consciências, não apenas junto dos mais pequenos mas também junto dos pais e dos vários dirigentes, para que esta comunidade seja cada vez mais forte e resistente dentro da Igreja.

JD | Ad7news