Notícias Nacionais

O parque urbano de Albarquel, em Setúbal, foi o lugar escolhido para mostrar à população da cidade o projeto de saúde “Quero Viver Mais”. Crianças, jovens e adultos uniram-se e a uma só voz convidaram todos os que por ali passaram para as várias iniciativas que tiveram lugar durante a tarde de sábado.

Guida Esteves, coordenadora do projeto afirmou que a Igreja Adventista de Setúbal está empenhada de uma forma particular na promoção da saúde. Lançamos um programa ainda hoje, sobre hábitos saudáveis oito semanas em que iremos sensibilizarmo-nos a nós próprios e sensibilizar tb os nossos amigos ...

Ao longo da tarde, os mais pequenos desafiaram os adultos a trocarem cigarros por maçãs, enquanto outros preparam as bancas com todo o material de apoio quer no âmbito da saúde, quer em representação das áreas em exposição. Rui Martins fez a descrição dos vários stands em Albarquel ...temos o colégio a funcionar, o jardim de infância arco-íris, temos tb a ADRA, parte da saúde e o clube de desbravadores. Nós tb estamos a promover os desbravadores; já temos um núcleo bastante grande mas gostaríamos que mais jovens tivessem oportunidade de fazer parte deste grupo.

À hora marcada profissionais de saúde deram palestras sobre “os malefícios do tabaco” ou mesmo “como prevenir o cancro”, uma vez que o consumo de tabaco constitui, presentemente, a primeira causa evitável de doença e de morte e contribui para seis das oito primeiras causas de morte a nível mundial. Nos intervalos das palestras, o teatro de fantoches mostrou à pequenada quais os nutrientes que podem ajudar numa boa alimentação. Tudo isto porque o projeto “Quero Viver Mais” foi feito também a pensar neles. Nós preocupamo-nos com a criança no seu todo a sua educação quer a nível académico, quer a nível de saúde do crescimento físico, espiritual  e por isso a alimentação é tb um ponto muito importante e que nós procuramos transmitir às crianças que eles têm de ter cuidado com a sua alimentação, com os seus hábitos de saúde para que possam crescer mais saudáveis, comentou Ângela Espírito Santo, diretora do Arco-Íris e CAS:

Ao longo deste ano, o projeto “Quero Viver Mais” está a ser desenvolvido não apenas em Setúbal mas em todo o país porque a comunidade adventista tem uma mensagem específica de saúde para partilhar com aqueles que ainda não a conhecem.