Notícias Nacionais

O “Amor que Move” é um projeto de apoio aos peregrinos a caminho do Santuário de Fátima.

O local escolhido para se prestar o apoio foi o mesmo do ano anterior, a Estrada Marquês de Pombal, localizado no concelho de Pombal, ponto estratégico de passagem para os peregrinos que vêm do norte e do centro do país.

Esta missão contou com um grupo de profissionais voluntários de diversas áreas como: a Medicina, a Enfermagem, a Fisioterapia, a Psicologia e outras áreas afins. Vieram de diferentes localidades, desde o norte e do centro do País. O projecto contou também com o apoio de muitos irmãos das igrejas do distrito de Leiria como: Gândara dos Olivais, Cruz D’Areia, Pombal, além das igrejas de Tomar e do Entroncamento.

Os peregrinos receberam cuidados na área da saúde física, mental e espiritual. Na área da saúde física, foi providenciada água para hidratação e frutas como maças e laranjas para aumentar o nível de glicémia, para além do atendimento médico, de enfermagem e fisioterapia. Na área da saúde emocional os peregrinos receberam palavras de incentivo e motivação, além de abraços carinhosos. Na área espiritual os mesmos receberam orientações sobre O Jesus que salva e redime o ser humano, bem como aconselhamento. Um livro missionário também foi oferecido aos peregrinos.

Após essa experiência concluiu-se que este é um trabalho exequível e com bons resultados, pois a irmã Ellen G. White relata através do Espírito de Profecia que a pregação do evangelho, quando realizada através do Método de Cristo, produz melhores resultados:

“Unicamente os métodos de Cristo trarão verdadeiro êxito no aproximar-se do povo. O Salvador misturava-Se com os homens como uma pessoa que lhes desejava o bem. Manifestava simpatia por eles, ministrava-lhes às necessidades e granjeava-lhes a confiança. Ordenava então: “Segue-Me.” A Ciência do Bom Viver, pág. 143.

A Picóloga Edna Fernandes, mentora do projeto, descreve em maiores detalhes:

“Durante a realização da primeira edição do projeto em 2018, recebemos muitos agradecimentos dos peregrinos pelos cuidados recebidos por parte dos voluntários do projecto.  Muitos pedidos também foram feitos para que em 2019 estivéssemos presentes novamente, pois eles queixaram-se de não haver apoio suficiente de outras Instituições ao longo da sua caminhada. Para mim, foi uma evidência de que Deus estava a conduzir o nosso trabalho e de que devíamos continuar. Tive então o desejo de apresentar o projeto a algumas igrejas, no intuito de pedir ajuda. Além disso, ainda em 2018 submeti uma candidatura a ASI, com o objetivo de receber o apoio financeiro necessário. Um projecto desta envergadura necessita de muitos recursos, nomeadamente, materiais de saúde, alimentos e também bastante literatura. Felizmente a União Portuguesa dos Adventistas abraçou novamente a causa, além da ASI, as igrejas locais. Também este ano, contamos com o apoio especial da Câmara Municipal de Pombal que nos ofereceu 940 garrafas de água e também nos emprestou 40 cadeiras e 7 mesas, para o atendimento aos Peregrinos. Com todo este apoio, foi então realizada a Segunda Edição do “Amor que Move” numa dimensão maior. Ao contrário do ano passado, este ano trabalhámos durante quatro dias, com um número maior de voluntários. Com o apoio de outras igrejas, pudemos oferecer também sopas, além da água e da fruta.

Enfim, com muita oração e muito trabalho, entre os dias 9 e 12 de maio de 2019, conseguimos pôr o projeto em prática. O Departamento de Evangelismo da União Portuguesa ofereceu-nos 2000 livros com o título “O Poder da Esperança”. O meu esposo, João Paulo, profissional de Informática e Web Design, ficou responsável pela cobertura e divulgação do evento missionário. Os médicos e os enfermeiros cuidaram dos peregrinos que iam chegando até nós, realizando a desinfeção dos pés feridos e aplicando pensos nas feridas, além de fazerem massagens, aferição da pressão arterial e testes de glicémia. O fisioterapeuta cuidou dos peregrinos que já não conseguiam mais caminhar devido à gravidade da exaustão muscular e das dores intensas. A psicóloga prestou apoio emocional, para além de cuidar de toda a logística e suporte de materiais. A equipa de apoio, voluntários de outras áreas, realizou as massagens aos pés exaustos da longa jornada, distribuiu as águas, as maçãs, as laranjas, as sopas e os livros missionários. O Pr. Luís Fonseca também esteve presente e ofereceu apoio espiritual, ajudando também na entrega de águas, frutas e livros.

É importante mencionar que no primeiro dia do projeto, recebemos a visita do vice-presidente da Câmara Municipal de Pombal e no segundo dia recebemos a visita de três representantes oficiais do Santuário de Fátima, os quais foram presenteados com o livro missionário “O Poder da Esperança”.

Foi com o “Amor que Move” que cada voluntário foi ao encontro das pessoas que necessitavam do nosso cuidado físico, mental e espiritual. Concluiu-se que este projecto têm sido uma mais valia no que diz respeito à pregação do evangelho, através da obra médico missionária. Essa é uma experiência que poderá voltar a ser realizada no futuro pois, novamente, houve aceitação por parte dos peregrinos que, mesmo sabendo que somos da Igreja Adventista do 7º Dia, agradeceram pelo apoio recebido.

No total foram entregues 2100 livros missionários, 2300 garrafas de água, 120 quilos de maçãs, 120 quilos de laranjas e mais 15 litros de sopa.

46 voluntários trabalharam direta e indirectamente durante o projecto.

Nestes dias de “Amor que Move”, foram assistidos mais de quatro mil peregrinos.

Em jeito de conclusão, cada talento foi muito bem aproveitado. Observou-se em cada voluntário a alegria de poder trabalhar na missão de servir o próximo, adotando o Método de Cristo.

Louvado seja Deus!

HOPE Portugal