Notícias Nacionais

“Adiar a Decisão” foi o tema do Culto Solene que o Pr. Paulo Neves apresentou na feliz manhã do santo dia de Sábado de 26 de Fevereiro de 2018.

Precedia assim à Cerimónia que se havia de seguir e incluir a pessoa da D. Ester Martins dos Santos como membro nos Registos da Igreja de Coimbra.

Registámos tanta beleza nas boas sementes retiradas do celeiro da Palavra da Vida, lançadas naquela hora, que não é possível detalhá-las aqui no seu todo. Ao trazer à Assembleia textos sagrados de inspirados homens de Deus, cheios do Espírito Santo, como Tiago, Isaías, David, Job, Joel e da Sua mensageira , Ellen G. White, fomos sensibilizados para o facto de que: “Adiar a Decisão” traz, na maioria dos casos, prejuízos de consequências eternas. Relembrou-nos o Ministro de Culto que “somos pó, e a ele voltaremos”; que a nossa vida é “ como o vento, e como a sombra que passa”; como “um vapor que aparece e logo se desvanece”; como é, na verdade, “passageira e efémera”! Ao despontar a estação do inverno do curto calendário das nossas vidas, quando os ossos fraquejam e a pele nos dá a conhecer as rugas pelo seu envelhecimento, olhamos então para trás e refletimos, tardiamente, sobre os cenários passados, quando ainda na tenra e inocente idade “era cedo demais para pensar em Deus”. E crescemos, natural e, fisicamente, e os anos avançaram e acompanharam-nos, e concluímos que por alguns tempos andámos “ entretidos, distraídos, divertidos, felizes, ocupados, cansados, doentes ”, e mesmo naquelas ocasiões pensámos que “era cedo demais para pensar em Deus”!  Não obstante, Ele sempre esperou, amorosamente, por nós, dando-nos tempo do Seu tempo a fim de nos salvar em Cristo, o Senhor!

A D. Ester dos Santos pertenceu, durante muitos anos, a outra confissão religiosa (disto deu o seu testemunho à Igreja), até que o Espírito de Deus lhe revelou que “a doutrina que vem d’Ele, é aquela que, unicamente, a leva a Ele”. Durante cuidadosos e interessados Estudos Bíblicos, realizados pela Anciã e dedicada Obreira irmã Del Carmen, a candidata, em apreço, pôde reconhecer que ainda lhe faltavam algumas linhas de orientação para aceitar a mensagem da Igreja Adventista do Sétimo Dia fundadas, no seu conjunto, pelos princípios eternos das Santas Escrituras e do Espírito de Profecia que é o “Testemunho de Jesus”.

A Igreja de Coimbra associou-se ao evento em número significativo e, para além da presença dos filhos da D. Ester dos Santos, estiveram também entre nós várias visitas, de irmãos de lugares próximos, e até de alguns muito distantes.

Eram 11h56´ quando chegou o momento tão esperado e o Pr. Paulo Neves, com base nos treze votos batismais expressos no manual da Igreja, procedeu à leitura dos mesmos para o Solene efeito, pelos quais obteve de viva voz, e perante o auditório presente, as tão necessárias e positivas respostas.

A partir daquele compromisso verbal, a D. Ester dos Santos logo foi aceite por unanimidade como nossa irmã na mesma Fé e na mesma Esperança, agora como membro efetivo da Igreja com plenos direitos e deveres. Na qualidade de Secretária da Igreja, a irmã Andreia Silva fez a entrega do respetivo Diploma, e além deste, por outras irmãs, uma oferta composta de Livros e flores dedicados com simpatia cristã. Somos também a presenteá-la com o texto inspirado do Salmo 18:2 para memorial de cada dia.

No final, durante a apresentação de cumprimentos de boas-vindas, todos quantos testemunharam o evento neste Sábado tiveram a boa oportunidade de saudar a nossa Irmã Ester dos Santos e desejar-lhe que a sua vida espiritual se mantenha sempre firme e leal a Jesus Cristo e à Sua Palavra até ao Seu triunfante regresso nas nuvens do céu em Majestade e Glória.

HOPE Portugal | Ir. Carlos Santos - Dir. Comunicações IASD Coimbra