Notícias Nacionais

Oração "viral"

No passado dia 13 de março, quando já sabíamos que as nossas Igrejas iriam estar fechadas (pelo menos) até ao dia 21 alguém fez um pedido/proposta que, no espaço de uma hora, motivou mais de duas dezenas de pessoas!

Que proposta foi essa?

“Queridos irmãos da IASD de Matosinhos, gostava de sugerir que a Igreja ficasse por um período de 24 horas em oração sem interrupção. Objetivo: interceder por todos os atingidos pela pandemia viral COVID-19, pelos profissionais de saúde,  pelas autoridades, pela Igreja aqui em Portugal e no mundo.”

A mensagem correu no grupo de WhatsApp dos membros e amigos da IASD de Matosinhos e tornou-se viral. Logo uma grelha foi organizada e colocada no grupo. De imediato alguém fez o cálculo: “dado que 24 horas são 1440 minutos e, se 50 irmãos/irmãs/jovens aderirem, a cada um caberia dois períodos de 15 minutos.” E a onda continuou de tal maneira que, em apenas 3 horas, a grelha foi preenchida com 50 membros, mais crianças e adolescentes. Impressionante! Foi assim que, ao pôr-do-sol de sábado (18h30) do dia 14, se iniciaram 24 horas de oração sem interrupção.

Ao longo da noite, madrugada e dia foram inúmeras as partilhas sobre as reflexões bíblicas que cada um fez e este espaço é exíguo para as mencionar.

Mas, atenção prezado leitor, a cadeia de oração ainda não tinha começado (estava apenas organizada) e o 1º ancião, inspirado por Deus, no sábado de manhã, propôs aos demais anciãos que “…na semana seguinte se faça dois períodos de oração em suas casas, às 7:30h e às 19h30h com o objetivo de fortalecer a nossa confiança em Deus e receber a Paz, Esperança e Espírito de Amor que Ele nos quer dar neste momento difícil e inédito na história da humanidade”. - E, porque não três períodos como fazia Daniel? - propôs uma das anciãs.

É assim, no momento em que vos escrevo, que toda a Igreja está a fazer na procura de poder, 3 vezes ao dia, às 7:30h, às 13:30h e 19:30h. Que bênção!

Recordo a passagem bíblica que se encontra em Provérbios 6:9: 

“Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono?”

Há muita gente deitada nesta vida. Há muitos cristãos deitados na mediocridade. Quantos de nós, gente boa e sincera, temos dormido no conformismo? Levanta-te! Vivemos tempos solenes numa sociedade sem fé, sem esperança, sem rumo. E nós cristãos adventistas?

Como afirma o Pr. Alejandro Bullón no livro de meditações matinais deste ano “nesta civilização, talvez haja lugar para os ociosos, mas não estarão seguramente na galeria dos vitoriosos.”

Despertemos, ajamos, oremos incessantemente porque estamos mais perto da redenção. Obrigado, meu querido irmão Arovel Júnior porque, como resultado da tua comunhão com Deus e da tua proposta de uma cadeia de oração a nossa igreja se mobilizou e a oração tornou-se “viral”.

HOPE Portugal | José Carlos Moura - Relações Públicas IASD Matosinhos