Notícias Nacionais

O corpo pastoral português está mais rico com a consagração de oito novos ministros do culto. Os pastores Augusto Fernandes, Dário Santos, Luís Paulo Vasconcelos, Rúben Martins, Samuel Aires, Sidónio Lança, Teófilo Lopes e Vitor Pancha foram este Sábado consagrados pela UPASD.

“Só consigo comparar o dia de hoje com o dia do meu casamento”, confidencia-nos à chegada o Pr. Rúben Martins. Juntamente com o Pr. Teófilo Lopes, também ele consagrado hoje, é o único pastor filho de pastor dos oito consagrados na Igreja de Lisboa central. O pai, Pr. Daniel Martins, não usa a palavra orgulho para descrever o que sente pelo seu filho num momento como este. Prefere antes dizer que sente “uma alegria imensa pelo percurso espiritual” do filho.

Às 16h00 em ponto, no dia dedicado ao Jejum e Oração, a Igreja estava cheia. Mais de que a consagração destes “novos” oito pastores, é um dia de celebração e agradecimento a Deus. Um a um vão sendo apresentados pelos “tutores”. O Pr. José Eduardo Teixeira, ex-presidente da UPASD, traçou o percurso profissional e familiar do Pr. Augusto Fernandes e do Pr. Luís Paulo Vasconcelos. Por seu lado o Pr. Dário Santos foi apresentado pelo seu tio, Pr. Júlio Carlos Santos, que recordou que no dia da apresentação do Dário na Igreja, há mais de três décadas, o pastor responsável pela cerimónia, na altura, vaticinou que aquele bebé ainda viria a ser pastor. Acertou. Os pastores Rúben Martins e Teófilo Lopes foram apresentados pelos pais, os pastores Daniel Martins e Amílcar Lopes. O Pr. Graça traçou o perfil profissional peculiar do Pr. Sidónio Lança e o Pr. Jorge Machado mostrou o reconhecimento que sentia por ter sido escolhido para apresentar o Pr. Vitor Pancha. Finalmente o Pr. Samuel Aires foi apresentado por um amigo de décadas, o Pr. Jorge Duarte.

Os níveis de espiritualidade sentidos na sala foram aumentando, à medida que se aproximava o ponto alto da cerimónia, o momento da imposição de mãos. Um a um, todos os pastores  presentes na sala se ajoelharam no púlpito da Igreja e impuseram as mãos sobre os oito pastores recém consagrados. A oração de ordenação foi do presidente da UPASD, Pr. António Rodrigues.

Esta cerimónia de ordenação ao ministério pastoral, ficou ainda marcada por um momento de ação de graças aos pastores eméritos e pelo reconhecimento a estes homens por terem dedicado a vida à obra de Deus.

By: ad7|news