Notícias Internacionais

 

O Conselho Executivo da Conferência Geral dos Adventistas do Sétimo Dia votou unanimemente, durante o seu Conselho Anual, em Silver Spring, nos Estados Unidos, a alteração do nome da região Euro-Africana. “O voto declara: ‘vota-se a mudança de nome de Divisão Euro-Africana para Divisão Inter-Europeia’”, afirmou Bruno Vertallier, presidente desta mesma Divisão, que participou neste conselho juntamente com outros 350 membros oriundos de todo o mundo.

 

A designação Euro-Africana (EUD) foi adotada em 1972, seguindo o princípio de solidariedade quando os países ocidentais eram chamados a apoiar, entre outros, os países africanos como sejam Angola, Moçambique, territórios do Norte de África, bem como a Turquia.

 

Em 2011, quando a Conferência Geral estabeleceu um novo território no Médio Oriente, abrangendo países que pertenciam à região Euro-Africana, tornou-se necessário mudar o seu nome.

 

Escolher um nome com implicações geográficas não é muito simples, especialmente quando o mesmo deve representar um território tão vasto. Era inevitável manter a palavra “Europa”, mas sem criar fricções com as outras duas regiões – “Trans-Europeia” e “Euro-Asiática” - que incluem países da Europa do Norte e Oriental.

 

A proposta do novo nome foi feita após uma análise cuidada de outras opções que tentavam contemplar a posição geográfica de países de toda a Europa, de Este a Oeste. Quando o nome “Divisão Inter-Europeia” foi sugerido pelo presidente Bruno Vertallier, o consenso do conselho da EUD foi unânime, e a decisão final do Conselho Executivo tornou-se apenas uma questão de tempo.

 

Após 40 anos, o dia 17 de outubro de 2012 assinala o virar de uma nova página na história desta parte da Europa onde muitos desafios e objetivos ainda estão em andamento. “Não será um nome que mudará a dinâmica dos nossos países”, referiu Corrado Cozzi, diretor de Comunicação desta Divisão, “mas esta novidade é promissora”. “Que o Senhor possa continuar a abençoar esta região”, afirmou Bruno Vertallier, presidente da nova Região Inter-Europeia.

 

A sede da Divisão Inter-Europeia fica em Berna, na Suíça. Esta região congrega cerca de 178 mil membros, que se reúnem em 2,534 igrejas, e detém 587 instituições nos seguintes países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Eslováquia, Espanha, França, Itália, Luxemburgo, Portugal, República Checa, Roménia e Suíça.