Notícias Nacionais

No dia 29 de Setembro foram inauguradas as instalações de mais um centro de apoio social da ADRA, desta vez no Concelho do Seixal. A delegação local, que tem vindo a crescer de forma sustentada e diversificada, deu assim mais um passo significativo na sua capacidade de prestar apoio às pessoas mais desfavorecidas do Concelho.

 

Localizada no centro da Aldeia de Paio Pires e contando com várias salas bem preparadas para o atendimento, armazenamento de produtos e realização de formações, estas novas instalações providenciam as condições ideais para que a ADRA do Seixal continue de forma eficaz o seu trabalho. A delegada local, Patrícia Silvestre, afirmou que “a ADRA no concelho do Seixal não se limita a prestar apoio imediato nos casos mais emergentes, mas tem realizado atividades de formação e educação para o desenvolvimento que são muito importantes para tornar o mundo em que vivemos num lugar mais justo”.

Presente na inauguração, Corália Loureiro, vice-presidente da Câmara Municipal do Seixal e responsável pelos pelouros de Ação Social e Cooperação, manifestou a disponibilidade desta edilidade para continuar a cimentar a parceria que existe com a ADRA local no sentido de melhorar as condições de vida daqueles que vivem no Concelho.

Neste momento, a delegação da ADRA do Seixal apoia regularmente 25 famílias e, com esta loja social, pretende estender o seu apoio a muitas mais pessoas. O verdadeiro objetivo é tornar este espaço num centro social com o qual a população local se identifique.

O diretor executivo da ADRA Portugal, João Martins, referiu aos presentes que “é motivo de grande alegria, mas também uma enorme responsabilidade, continuar a ver a rede de apoio social da ADRA em Portugal a crescer. Agradeço aos voluntários da ADRA e à delegada local pela iniciativa e vontade em levar esta missão da ADRA mais longe.”

A ADRA é uma organização não-governamental para o desenvolvimento presente em 125 países. Implementa projetos de desenvolvimento comunitário sustentável e socorro em desastres. A ADRA assume o princípio humanitário fundamental de independência, apoiando os seus beneficiários independentemente da associação política ou religiosa, idade, sexo, raça ou etnia.

Em Portugal, a ADRA é uma ONGD registada no Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, é membro da Plataforma Portuguesa das ONGD e é considerada instituição de utilidade pública.

Ad7 News | ADRA Portugal