Notícias Internacionais

No sábado, dia 14 de Agosto, por volta das 8h30 da manhã, um terramoto de 7.2 de magnitude atingiu as áreas a sul de Les Cayes, Jeremie, Saint Louis de Sud, Aquin, Petit Trou de Nippes, Anse-a-Veau e Cavaillon, seguido de várias réplicas. As vibrações puderam ser sentidas até à Jamaica, a cerca de 322km de distância.

Noticiários locais relataram no início que o mar em Jeremie retrocedeu, o que podia indicar a iminência de um tsunami, mas mais tarde os avisos foram rescindidos.

As autoridades locais declararam estado de emergência por um mês, procurando a assistência de ajuda humanitária. Os hospitais do Haiti mais perto das zonas afetadas estão a operar acima das suas capacidades. O número de mortos ascende a mais de 2.200, com mais de 12.000 feridos, de acordo com relatórios de há 48h.

Os residentes das áreas afetadas têm estado a tentar localizar família e amigos desaparecidos, ou que temem estar mortos. Foram formados grupos de buscas contínuas para procurar possíveis sobreviventes debaixo dos escombros.

“A Associação Adventista para o Desenvolvimento, Recursos e Assistência (ADRA) foi uma das primeiras organizações a alcançar as áreas afetadas de Saint-Louis de Sud no Haiti. Daquilo que pudemos avaliar, a principal preocuoação é cuidar dos feridos. Neste momento, estão a ser avaliados os estragos materiais. Um dos principais desafios é a extrema complexidade dos bloqueios de "gangs" que não permitem o acesso fácil às zonas atingidas. Também estamos preocupados com a iminente chegada da tempestade Grace e a já tão delicada situação no Haiti devido à violência e à deslocação massiva de populações. A situação é extremamente complexa,” diz Elian Giaccarini, coordenador da gestão de emergência da ADRA nas Caraíbas. 

A ADRA está a operar no Haiti há mais de 30 anos provendo apoio nas áreas da nutrição, agricultura, água e programas de educação primária nas zonas norte e nordeste central do Haiti, tendo como alvo uma população de cerca de 1 milhão de pessoas. 

Esta é a segunda vez que um grande terramoto atinge o Haiti no espaço de dez anos. Em 2010, um terramoto de 7.0 de magnitude matou 250.000 pessoas.

A ADRA Portugal participa neste esforço de ajuda, sensibilizando a população portuguesa para contribuir financeiramente através do MB WAY 962168456 ou de transferência bancária para o Iban: PT50 0010 0000 51948480002 40

Vamos ajudar!

Dep. Comunicações UPASD