Notícias Nacionais

Realizou-se nos dias 26 e 27 de abril, no Pavilhão Gimnodesportivo de S. João da Talha, o primeiro Congresso que reuniu as Comunidades Adventistas de origem angolana, cabo-verdiana, moçambicana, e são-tomense residentes em Portugal.

O Congresso teve como tema: “Eu sou a imagem de Deus versus indiferença”, tema que realça a afirmação de igualdade e de dignidade de todos os povos na vontade divina de integração na Pessoa de Jesus Cristo. O pecado erigiu barreiras entre o género humano, que Cristo destruiu pelo seu Plano de Restauração à imagem e semelhança de Deus. O Presidente da UPASD apresentou a mensagem de sexta-feira. No sábado de manhã, a Escola Sabatina foi dirigida pelo Pr. Júlio Carlos Santos, e o Culto foi apresentado pelo Pr. Nito Jorge, Tesoureiro da Missão Sul de Luanda e Cabinda, e convidado especial do Congresso. Dezenas de pessoas responderam ao apelo para entregarem a sua vida a Jesus e para se prepararem para o batismo.

Depois de, na manhã de sábado, terem estado presentes 1200 pessoas, o número de participantes subiu para 1400 da parte da tarde. Esteve presente a Drª Cristina Rodrigues, Coordenadora do Grupo de Trabalho para o Diálogo Inter-Religioso do Alto Comissariado para as Migrações, que tomou a palavra para enaltecer a atitude fraterna e integradora da Igreja Adventista, assim como o grande contributo da Igreja no Diálogo Inter-Religioso, principalmente através da ação do Dr. Paulo Sérgio Macedo, responsável pelo Departamento de Liberdade Religiosa e Assuntos Públicos. O Pr. Alin Barreto apresentou uma meditação, e um painel constituído pelos Pastores António Amorim, Nito Jorge, Eurico Vidro e Edgar Justino, liderado pelos Dr. Josué Martins e Dr. Arão Zaqueu, debruçou-se sobre o tema do Congresso nos seus aspetos práticos de relacionamento social e religioso. Vários corais, grupos musicais e solos, representando as diversas comunidades Adventistas africanas, louvaram Deus neste programa, incluindo um grupo de Bragança que teve a sua primeira representação nas atividades da Igreja Adventista. Entre os coros de Igreja, o Coro convidado da Igreja Metodista de Lisboa apresentou vários cânticos gospel.

Este Congresso foi importante não apenas para as comunidades Adventistas africanas, mas para toda a Igreja Adventista em Portugal, composta por um tecido social multicultural. O Presidente e o Secretário da UPASD relembraram, numa entrevista, que cada um destes membros de Igreja é um discípulo de Cristo chamado não só para testemunhar na sua língua materna, mas sobretudo para ser um missionário que contribui para a evangelização de Portugal, país de acolhimento.

A UPASD agradece à Comissão Organizadora, dirigida pelo irmão André André, coadjuvado pelos Pastores Augusto Fernandes e Jorge Machado.

Obrigado também à Câmara Municipal de Loures que cedeu graciosamente as instalações, o equipamento de som e respetivos técnicos, e à equipa da Novo Tempo.

HOPE Portugal